Institucional

Quem Somos

Uma empresa do Grupo Aço Cearense

Com 37 anos de experiência no mercado do aço, o Grupo Aço Cearense sempre se preocupou com uma atuação socioambiental correta e responsável. Por meio do alinhamento dos seus negócios a uma gestão socialmente engajada, potencializa e amplia ações de combate à pobreza e à marginalização, contribuindo para o desenvolvimento do Ceará, estado sede do Grupo, e também do Pará, onde está localizada a Siderúrgica Norte Brasil S.A – SINOBRAS, empresa do Grupo. Para dar suporte a esse trabalho, o Grupo criou, em março de 2010, o Instituto WMA, atual Instituto Aço Cearense, instituição sem fins lucrativos, responsável por todas as suas ações de cunho social, educacional, esportivo e ambiental. Desde então, com mais de R$ 8,5 milhões de reais investidos, 125 instituições foram atendidas, totalizando mais de 64 mil pessoas beneficiadas pelo Instituto, nos últimos 7 anos.

 

O Instituto Aço Cearense tem como objetivo principal apoiar iniciativas de instituições sociais com atuação no Terceiro Setor. Para receberem o apoio, essas entidades precisam comprovar capacidade física, técnica e institucional para desenvolver as atividades propostas.

 

As ações do Instituto estão ligadas à promoção educacional, cultural, esportiva e ambiental. Entre as suas linhas de atuação, destacam-se o atendimento a pessoas carentes em situação de risco; a garantia e a defesa dos direitos da criança e do adolescente; a formação profissional e a inserção no mercado de trabalho; a garantia e defesa dos direitos de idosos; a geração de renda e oportunidade de trabalho; a recuperação social e a promoção da saúde integral do ser humano.

 

Os gestores do Instituto acreditam na iniciativa do Grupo como uma resposta para a sociedade em geral. Prova disso é o comprometimento do Instituto Aço Cearense com as questões sociais do Município e do Estado, já que a criação da instituição foi uma forma de ampliar e profissionalizar o trabalho social do Grupo, que hoje apoia diversas iniciativas de promoção da cidadania, reabilitação e de integração à sociedade.

A criação do Instituto

Para dar suporte a esse trabalho, o Grupo criou, em março de 2010, o Instituto WMA, atual Instituto Aço Cearense, instituição sem fins lucrativos, responsável por todas as suas ações de cunho social, educacional, esportivo e ambiental. Desde então, com mais de R$ 8,5 milhões de reais investidos, 125 instituições foram atendidas, totalizando mais de 64 mil pessoas beneficiadas pelo Instituto, nos últimos 7 anos.

 

Objetivos do Instituto

O Instituto Aço Cearense tem como objetivo principal apoiar iniciativas de instituições sociais com atuação no Terceiro Setor. Para receberem o apoio, essas entidades precisam comprovar capacidade física, técnica e institucional para desenvolver as atividades propostas.

Missão

Promover ações que garantam a execução e multiplicação de iniciativas sociais para a transformação de vidas.

Visão

Ser referência no investimento social privado sensibilizando a classe empresarial e colaboradores de modo sustentável, por meio do voluntariado, do trabalho em rede e da formação de parcerias.

Valores

Credibilidade, respeito, transparência, comprometimento, solidariedade, ética e fé em Deus.

 

Áreas de atuação

As ações do Instituto estão ligadas à promoção educacional, cultural, esportiva e ambiental. Entre as suas linhas de atuação, destacam-se o atendimento a pessoas carentes em situação de risco; a garantia e a defesa dos direitos da criança e do adolescente; a formação profissional e a inserção no mercado de trabalho; a garantia e defesa dos direitos de idosos; a geração de renda e oportunidade de trabalho; a recuperação social e a promoção da saúde integral do ser humano.

Os gestores do Instituto acreditam na iniciativa do Grupo como uma resposta para a sociedade em geral. Prova disso é o comprometimento do Instituto Aço Cearense com as questões sociais dos municípios e estados onde o Grupo Aço Cearense tem atuação por meio de suas empresas, já que a criação da instituição foi uma forma de ampliar e profissionalizar o trabalho social do Grupo, que hoje apoia diversas iniciativas de promoção da cidadania, reabilitação e de integração à sociedade.

Como ajudamos

O Instituto Aço Cearense apoia as instituições mensalmente por um período de um ano, podendo o contrato ser renovado. As instituições solicitam as doações por meio de ofícios e projetos que são avaliados. Caso a solicitação seja aprovada é realizada uma visita técnica à entidade para, a partir de então, serem iniciados os trabalhos de acompanhamento periódico. 

Instituições beneficiadas

Atualmente, o Instituto Aço Cearense apoia 09 instituições no Ceará, beneficiando 4.747 pessoas, direta e indiretamente, direcionando aproximadamente R$ 43 mil mensais para esse trabalho e de R$ 521 mil anuais.

As instituições que recebem o auxílio mensal são:

  • Associação das Voluntárias de Caridade de São Vicente de Paulo, que promove a evangelização e realiza o desenvolvimento de ações voltadas ao bem estar social, valorização humana e convivência saudável junto a idosos;

  • Associação Escola de Campeões, que atua no desenvolvimento de talentos de adolescentes e jovens, de forma a educá-los para serem campeões na vida, por meio da realização de atividades culturais, esportivas, musicais e de formação profissional, estimulando a disciplina, superação, resgate da autoestima, integração familiar e cidadania;

  • Creche Amadeu Barros Leal, que promove a educação e oferece alimentação em tempo integral a crianças de 6 meses a 1 ano de idade, oriundas de famílias em situação de vulnerabilidade social e carência econômica;

  • Lar Beneficente Clara de Assis, que oferece serviços de educação, esporte e cultura a crianças, adolescentes, jovens e famílias na região da Praia de Iparana, na cidade de Caucaia;

  • Associação Beneficente Amigos pela Vida, que atua na defesa de direitos sociais a idosos, na cidade de Marco;

  • Associação Pequeno Cotolengo Dom Orione, que acolhe pessoas com deficiência para a reabilitação e a integração à sociedade, proporcionando melhoria na qualidade de vida dessas, por meio de métodos como a ecoterapia;

  • Junior Achievement – JA Ceará – que prepara jovens de escolas públicas para o empreendedorismo, transformando-os em cidadãos realizados e qualificados com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento sustentável do Brasil;

  • Associação Beneficente e Educacional Nova Jerusalém – ABENJ, que atende crianças e adolescentes, oferecendo serviços de educação, esporte, saúde e lazer, com o objetivo de resgatar vidas da miséria, ajudando-as a terem um futuro mais digno.


Já no Pará, o Instituto Aço Cearense apoia as seguintes instituições da cidade de Marabá:

  • Associação dos Artistas Visuais do Sul e Sudeste do Pará;

  • Lar São Vicente;

  • Biblioteca Viva da Liberdade;


    Com investimento anual de R$ 65.000.

      

Por fim, o Instituto também atua patrocinando diretamente o esporte. É o caso do ciclista Gilberto Silva e o karateca Jonathan Benvindo, no Ceará.

 

Sobre o Grupo Aço Cearense

Com 37 anos de experiência no mercado siderúrgico brasileiro e uma média de 22 mil clientes em todo o país, o Grupo Aço Cearense se destaca pela ampliação dos negócios e representatividade alcançada no mercado do aço. É líder do setor na região Nordeste com um faturamento de R$ 1,9 bilhão em 2016.

Ao longo de tantos anos de atuação, o Grupo Aço Cearense expandiu e diversificou suas operações. Atualmente, gera quase quatro mil empregos diretos e 45 mil indiretos, distribuídos em cinco empresas, localizadas nas regiões Norte e Nordeste do país. Em Marabá (PA), opera a Siderúrgica Norte Brasil S.A. (SINOBRAS), com capacidade instalada de 380 mil toneladas por ano. Seu mix de produtos inclui vergalhões, fio-máquina e trefilados. Nos municípios de Araguatins e São Bento do Tocantins (TO) está localizada a SINOBRAS Florestal, que conta com 13 fazendas próprias de reflorestamento de eucalipto e fornece redutor bioenergético para a SINOBRAS.


Em Caucaia (CE) está a Aço Cearense Industrial, voltada para o segmento de aços planos, que tem duas indústrias com capacidade de produção de 620 mil toneladas por ano. A indústria se destaca no mercado do aço por meio da produção de tubos com costura para diversos segmentos, e ainda de perfis, chapas articuladas, bobininhas, slitter para indústria e chapas de aço carbono, em diversas espessuras. A produção se estende para lambris e uma gama de produtos para a construção civil, como treliças, telas e trefilados de SI 60. 


Em Fortaleza (CE) fica a Aço Cearense Comercial, que comercializa, entre outros, os produtos da SINOBRAS e da Aço Cearense Industrial. Sua estrutura e força de vendas posicionam o Grupo como o maior distribuidor independente de aço e seus derivados no Brasil. Fica também localizado em Fortaleza, o Instituto Aço Cearense, responsável por todas as ações de cunho social, educacional e esportivo do Grupo. 

 

Mais informações: www.grupoacocearense.com.br